Munique

Munique (München em alemão, Munich em inglês) é a cidade mais popular da Alemanha depois de Berlim. Capital do estado da Baviera desde 1503, com 1,3 milhão de habitantes, é a terra da maior Oktoberfest do mundo - que não começa em outubro. Famosa por suas cervejarias, jardins e óperas, é também sede da BMW e da Siemens. Estilos arquitetônicos misturam-se na cidade: do barroco ao gótico, do neoclássico ao pós-moderno.

Fundada em 1158, Munique tornou-se capital da Baviera no século XVI. A cidade ofuscou vizinhos poderosos no passado, como Augsburgo e Nuremberg, e tomou o posto de principal metrópole do sul da Alemanha. No século XIV, o desenvolvimento da cidade assumiu linhas neoclássicas – muitas das construções ao redor da Königsplatz e ao longo da Ludwigstrasse são dessa época. Além de monumentos históricos, Munique possui excelentes museus e lojas elegantes.


Fonte: www.muenchen.citysam.de

 

Informações

Código de acesso: 089

Centros de Informações: em 4 lugares da cidade: no lado de fora da estação principal de trem (Hauptbahnhof), de seg/sáb, das 9h-20h e aos domingos das 10h-18h; reserva hotéis por €2,50 e fornece mapas por €0,25. Na Marienplatz, praça central, de seg/sex, das 10h-20h e aos sábados até 16h. No aeroporto, de seg/sex das 10h-21h, sáb/dom das 12h-20h. E o Jugendinformationszentrum (Escritório de Informações), na Paul Heyze Strasse 22, de seg/sex das 12h-17h, até 20h nas quintas. Ideal para jovens, com revistas de programação, mapas, internet gratuita e informações sobre estudo, trabalho, etc.Disponível o cartão de descontos Munich Welcome Card (€6) reduz a entrada das atrações em até 50%, além de garantir passe livre no transporte público da cidade. As revistas mensais In München e Kunstpark Magazin, gratuitas em inglês, e oferecem dicas de cinema, shows, lojas, festas e danceterias. De grande utilidade também é a revistinha Young People's Guide com informações enfocando o público jovem, custa €0,50. Outra revista de programação é a bimestral Munich Found, um pouco mais cara, €3,50.

Internet: Internet Café, na Altheimer Eck 12, custa €5 p/1h, ou de graça por 1h se você consumir alguma coisa. Times Square, na Hauptbahnhof, €2,50 p/15min. No Jugendinformationszentrum (Paul Heyse Strasse 22), o acesso é gratuito e abre de seg/sex das 12h-18h com apenas um computador, ao menos na época desta pesquisa. Espere por filas.


Na cidade

Orientação

Munique tem dois pontos de referência: a estação de trem Hauptbahnhof e a praça Marienplatz. Pode-se ir de um a outro seguindo uma linha reta, passando pelas ruas Schützenstrasse e Neuhauser com continuação pela Kaufingerstrasse. A Marienplatz é o ponto de partida para explorar as atrações que estão em sua maioria pelas redondezas.

 

Chegando e saindo

O aeroporto Franz-Josef Strauss Flughafen fica a 28km da cidade, ligado pelos S-Bahn S1 e S8 que saem a cada 20 minutos da estação central (Hauptbahnhof). É nesta mesma estação que chega quem vem de trem. Munique, geograficamente bem localizada no continente, é um importante ponto de parada de trens europeus que vão ao norte, sul, leste e oeste. Junto da estação chegam os ônibus. As passagens podem ser compradas perto da plataforma 26, no escritório do Touring.

 

Como Circular

Munique tem uma boa linha de metrô (U-Bahn), trens de superfície (S-Bahn), bondes (Strassenbahn) e ônibus. Ticket para uma simples viagem sai por €2 e para um dia custa €4,50, servindo todos os transportes.

 

Acomodação

Os albergues HI aceitam somente menores de 27 anos e ficam um pouco longe do centro, sendo necessário algum meio de transporte para chegar até eles. Os independentes ficam a 5 minutos da estação - e não têm restrição de idade.

 

Albergues HI

Jugendherberge München. Wendl-Dietrich-Strasse 20. Fone 131156, fax 1678745, e-mail: jhmuenchen@djh-bayern.de. Metrô U1 parada Rotkreutzplatz ou tram 12. Diária de €15 em quartos de 2-6 camas, café da manhã incluído. Tem 385 camas. Almoço ou jantar custam €4,50 cada. Dispõe de sala de jogos, sala de TV e aluga bicicletas.

Jugendgästehaus München. Miesingstrasse 4. Fone 7236550, fax 7242567. Para chegar metrô U1 até Sendlinger Tor, descer e pegar o U3 até a estação Thalkirchen. Diária de €13 em dorms (15 camas), €14 em quartos de 3-4 camas, €15 em duplos e €17 para single. Possui 352 camas. Inclui café da manhã e lençóis. Tem sala de jogos, TV e sinuca.

 

Albergues Independentes

"The Tent" Jugendlager Kapuzinerhölzl. In den Kirschen 30. Fone 1414300. Para chegar pegue tram 17 até Botanischer Garten e siga a pé até Franz-Schrank-Strasse. Aberto de meados de junho a setembro. Você dorme no chão em cima de um isolante térmico, em uma grande barraca com café modesto. Pelo menos é barato, diária de €7. Você também pode dormir numa cama, custando €18. Capacidade para 300 pessoas num ambiente muito galera.

4 You München. Hirtenstrasse 18. Fone 5521660, fax 5521666, e-mail: info@the4you.de. Saindo da estação à esquerda, é a segunda rua à esquerda. Cinco minutos de caminhada. É dividido em hostel e hotel. Diária de €16,50 a €35 em dorms de até 12 camas no hostel, e no hotel €68,50 a €92 em quarto duplo e €43,50 a €68,50 para o single. Os preços aumentam em €3 em outubro. Banheiro e chuveiro no corredor. Tem 160 camas no hostel e 28 no hotel. Recepção 24h. Café da manhã tipo buffet sai por €4,35.

Euro Youth Hotel. Senefelderstrasse, 5. Fone 59908811, fax 59908877, e-mail: info@euro-youth-hotel.de. Saia da estação pelo hall central, pegue à direita e entre na rua da Pizzaria Ca'doro. Tem 194 camas. Diária de €15 em dorms com 25 camas, €18 em quartos de 3-4 camas, €21 para o duplo. Lençóis incluídos, mas não o café da manhã (€4,90, buffet). Sem lock-out/curfew. Prédio recém reformado, possui 20 camas.

Recepção 24h, dispõe de lavanderia, salas de TV e bar. Festas nos finais de semana. Check-in às 15h, mas pode deixar a mochila antes.

 

Pensões

CVJM Jugendgästehaus (YMCA) Landwehrstrasse 13. Fone 5521410, fax 5504282, e-mail: info@cvjm-muenchen.org. Saindo da estação pelo hall central, pegue à direita na rua Schillerstrasse, siga até a terceira rua e dobre à esquerda. Diária de €19 em quarto de 3 camas, €20 em quarto duplo e €24 para single, com café da manhã incluído. Tem 180 camas. Lockers no quarto, banheiro e chuveiro no corredor. A recepção funciona das 8h-0h30, quando bate o curfew. O albergue dispõe de sala comunitária e bar. Os afiliados à YMCA (ACM no Brasil) têm direito a um desconto de 10% na diária.

Jugendhotel Mariensherberge, Casa das irmãs Ursulinen, local só para meninas menores de 26 anos. Goethestrasse 9. Fone 550805, fax 5502860. Saindo da estação pela lateral direita, vá direto à rua. Fica logo após o Hotel Maritim. Diária de €12,50 em quarto de 6 camas, €15 em quarto de 2-3 camas, incluído café da manhã e lençóis. Tem 100 camas. Curfew 24h. Banheiro e chuveiro no corredor. Dispõe de lavanderia, sala de TV, cozinha e para as mais católicas uma pequena capela. Recepção funciona das 8h-24h e o curfew também é às 24h, tarde para os padrões do local.

Pension Toni Goethestrasse 18. Fone/fax 531587. Saindo da estação principal (Hauptbahnhof) pela saída lateral à direita você vai estar na rua da pensão. É na segunda quadra. Diária de €25 para single €35-40 para quarto com 2 camas e €45-52 para quarto com 3 camas. Tem 59 camas. Não faz reservas. Recepção 24h.

Haus International Elisabethstrasse 87. Fone 120060, fax 12006251. Metrô U2 parada Hohenzollernplatz, ou tram 27. Diária de €20 em quarto com 5 camas, €21 em quarto de 4 camas, €23 em quarto de 3 camas, €36 para duplo e €42,50 single. Café da manhã incluído, dispondo também de bar, sala de TV e disco.

 

Comes & Bebes

Você não pode sair de Munique sem ter passado por um Biergarten, uma verdadeira instituição da Baviera, onde a Bier (cerveja) é geralmente produzida no próprio local. Nas tardes de verão parece que a cidade vai se esvaziando na proporção em que estes bares vão enchendo. Você encontra pratos típicos, acompanhados sempre por um generoso copo de cerveja (na verdade quase um barril). Destacam-se pela tradição: Hofbräuhaus na rua Platzl 9 com preços altos e freqüentado basicamente por turistas (mesmo assim, dê uma olhada nos copos de bronze concedidos aos freqüentadores locais mais assíduos); o Augustiner Bräustuben, na Landsbergerstr. 19, com mais nativos e mais barato; o Löwenbräukeller, na rua Nymphenburgerstr., perto da estação de U-Bahn Stiglmaierplatz, oferece cerveja direto da fábrica por €2,50, comidas típicas a partir de €5.

 

Atrações

Marienplatz
É a praça considerada o centro da cidade desde sua fundação, em 1158. No período medieval, a Marienplatz abrigava o mercado de sal e milho de Munique. No centro da praça fica a Coluna de Santa Maria, de 1623. A construção mais imponente é a Neues Rathaus (nova prefeitura), em estilo neogótico, de 1867-1909. A fachada exibe estátuas de governantes bávaros, figuras mitológicas, santos e gárgulas monstruosas. Às 11 horas, hordas de turistas esperam pela dança do Glockenspiel, na torre de 85m com 32 bonequinhos encenando as batalhas e as danças sobre a história de Munique, como a “Dança do Tanoeiro”, encenada pela primeira vez em 1517 para elevar o moral dos cidadãos diante da ameaça da peste negra. Na parte leste da praça fica a Altes Rathaus (antiga prefeitura). Construída originalmente no fim do século XV, foi diversas vezes modificada. A maior torre ergue-se sobre o antigo portão da cidade e foi reconstruída em 1975 com base em imagens de 1493. Desde 1983 abriga o Spielzeugmuseum (Museu do Brinquedo).

Englischer Garten
A idéia de criar um parque no centro da cidade, destinada ao uso de todos os moradores de Munique, partiu do conde Von Rumford, norte-americano que vivei na Baviera a partir de 1784. Em 1789, aproveitando sua influência como ministro da Guerra, convenceu o eleitor Carlos Teodoro a construir o local. Inaugurado em 1808, o Karl-Theodor-Park é conhecido apenas como Englischer Garten (jardim inglês). O parque ocupa uma área de 3,7km2 e é excelente local para caminhar, correr ou simplesmente relaxar. Tem um Biergarten ao lado do lago, onde, no verão, as pessoas costumam tomar banho de sol. Atenção, meninas (e meninos), o topless é comum, e tem até quem vá além.

Schloss Nymphenburg
Aberto diariamente das 10h-12h30 e das 13h30-16h, fecha segundas. Entrada €2,50/2 (estudante). Palácio barroco, foi residência de verão dos antigos reis da Baviera. Destaque para o prédio Amalienburg em estilo rococó que servia para guardar objetos de caça.

 

Igrejas

Frauenkirche (Igreja de Nossa Senhora) Frauenplatz 1 Metrô S1-S8, U3, U6 ou ônibus 52, parada Marienplatz. Tram 19, parada Theatinerstrasse. Esta igreja, com suas torres gêmeas, é o símbolo de Munique. Entrada €2/1 (estudante). A torre fica aberta entre abr/out das 10h-17h. A primeira construção data de 1271. Lá está o túmulo do rei Ludwig I.

Michaelskirche Neuhauserstrasse 52. Igreja barroca, construída por jesuítas em 1597. Cripta com os túmulos da realeza da Baviera (€1), onde está enterrado o rei Ludwig II.

Peterskirche Rindermarkt 1. Metrôs S1-S8, U3, U6 ou ônibus 52, parada Marienplatz. Aberta de seg/sab das 9h-18h, custa €1,50. Construída em 1158, esta igreja foi incendiada no século 14 e bombardeada durante a 2ª Guerra Mundial. A reconstrução durou 10 anos, de 1946 a 1956.

 

Museus e Galerias

O Tageskarte é um passe de museu válido por 2 dias, nos quais você pode visitar a Alte Pynakothek, a Neue Pynakothek, a Staatsgalerie Moderner Kunst e a Schack Galerie. Custa €8/5 (estudante).

Alte Pinakothek e Neue Pinakothek
É a seus museus de nível internacional que Munique deve, em grande parte, seu status de “capital secreta” da Alemanha. Com numerosas salas repletas de obras-primas dos antigos mestres e também de artistas do início da Renascença européia, em coleções que datam do século XIV ao XVIII, a recém-reformada Alte Pinakothek (Velha Pinacoteca) hoje em dia rivaliza com o Louvre quanto ao refinamento com que expõe suas preciosidades. Quem só se preocupa em se apressar para ver a Virgem com o Menino, de Da Vinci, ou Cristo coroado com espinhos, de Ticiano, corre o risco de perder obras de Memling, Brueghel, Hals e também de Dürer, cuja última tela, Os quatro apóstolos, está entre os destaques da pinacoteca. As galerias desse museu abrigam uma das maiores concentrações de telas de Rubens: dos 62 quadros desse artista que se encontram ali, dois em particular, Auto-retrato com a mulher e o enorme Pequeno Juízo Final, merecem atenção extra. Obras de Van Dyck, seu mais ilustre discípulo, também fazem parte do acervo. Esse imponente edifício de tijolos, construído no estilo renascentista veneziano, já é em si uma preciosidade arquitetônica. Foi erguido no início do século XIX para receber a coleção particular de Ludwig I. Do outro lado da rua fica a Neue Pinakothek (Noba Pinacoteca), que inicia sua seqüência de obras-primas a partir do século XIX, período subseqüente ao que encerra o acervo do museu vizinho. Para uma estranha porém divertida justaposição de duas experiências, passe a manhã nos dois museus e aproveite a tarde na área da Oktoberfest.
A Alte Pinakothek está localizada na Barer Strasse 27. Metrô U2 Königsplatz. Tram 27, parada Pinakothek. Abre das 10h-17h, terças e quintas até 20h, fecha segundas. Entrada €5/3,50 (estudante), domingos a entrada é gratuita.

Deutsches Museum
Um dos maiores museus da Alemanha, com mais de 10km de corredores em 45 mil metros de área, com 46 divisões. Com demonstrações e recursos interativos, esse que é o maior, mais antigo e mais completo museu do gênero no mundo exibe todos os aspectos imagináveis dos avanços científicos e tecnológicos em 55 áreas, entre as quais as de instrumentos musicais, aeronáutica, fotografia, física e têxteis. Tão fascinante para os adultos quanto parece ser para as crianças, o Deutsches, construído numa ilha no rio Isar, proporciona um banquete de experiências científicas do tipo “faça você mesmo”, com um generoso arsenal de botões, alavancas, engrenagens e manivelas. O visitante consegue passar facilmente um dia inteiro ali na companhia de curiosidade, como o primeiro submarino alemão (montado em 1906), a primeira locomotiva elétrica (Siemens, 1879), a bancada de laboratório na qual ocorreu a primeira fissão de um átomo e dezenas de automóveis, incluindo o primeiro Benz, de 1866, e modelos de luxo, como os Bugattis e Daimlers dos anos 1920 e 1930. Entre outras peças inestimáveis está uma completa e incrível réplica das grutas de Altamira, na Espanha. A julgar pela quantidade de visitantes no setor de aeronáutica, essa é a seção favorita do público. Suas salas, grandes como hangares, abrigam desde o modelo montado pelos irmãos Wright, construído em 1909 nos Estados Unidos, até aviões de guerra dos anos 1930 e 1940. Dali se tem acesso direto às viagens espaciais, na qual as mais recentes exposições da Spacelab são bem menos interessantes do que as de artefatos de períodos anteriores, como as bombas V-2 de Hitler, também conhecidas como A4.
O Deutsches Museum (Museu de Ciência e Tecnologia) está localizado na Tram 18, parada Deutsches Museum. Metrôs S1-S8 ou tram 17, parada Isartor. Aberto diariamente das 9h-17h, entrada €6/2,50 (estudante).

Antikensammlungen (Coleção de Antigüidades) Königsplatz 1. Metrô U2 Königsplatz. Aberto ter/dom das 10h-17h, quartas até 20h, fecha segundas. Nos domingos a entrada é gratuita. Entrada €3/5, estudantes pagam €1,50/2,50 (incluindo a Glyptothek). O prédio é de 1838, mas seu conteúdo é bem mais antigo: obras gregas e romanas, vasos, potes, amuletos em cerâmica, bronze e prata.

Glyptothek Königsplatz 3. Aberto das 10h-17h, quintas das 10h-20h, fecha segundas. Arte grega e romana incluindo várias esculturas de suas respectivas culturas. Preços em combinação com Antikensammlungen, onde domingo a entrada é gratuita.

Stadtmuseum (Museu Municipal) St. Jakobs Platz 1. Metrôs S1-S8 parada Marienplatz ou ônibus 52 ou 56 parada Blumenstrasse. Aberto terças e de qui/dom das 10h-17h, quartas das 10h-20h30, entrada €2,50/1,50 (estudante). História e cultura de Munique, com armas, esculturas, instrumentos musicais e moedas.

Lenbachhaus (Museu/Galeria) Luisenstrasse 33. U2 Königsolatz. Entrada €6/3 (estudante). Aberto diariamente das 10h-20h, exceto segundas. Com exposições de pinturas dos séculos 19 e 20 de pintores locais da escola Blaue Reiter e outros como Kandinsky e Klee.

Residenz Museum Max-Josef-Platz 3 U3-6 parada Odeonsplatz ou tram 19 Nationaltheater. Aberto de ter/dom das 10h-16h30. Entrada €3,50/2,50 (estudantes). Castelo construído entre os séculos 16 e 19 em estilo renascentista, foi residência da família Wittelsbach até 1918, com 100 salas, abrigando a coleção de arte egípcia, moedas e a câmara de tesouros da dinastia Wittelsbach.

BMW Museum Pautelring 130. Metrô U3 Olympia Zentrum. Aberto diariamente das 9h-17h, custa €2,50/2 (estudante). Para os apaixonados pelos carros da marca, exposição em filmes e slides da história da fábrica com os veículos produzidos no passado e projeções para o futuro.

 

Compras

A cidade é bem servida com lojas de souvenirs - difícil é você achar um lugar onde não vendem as famosas canecas de cerveja.

 

Arredores

Campo de Concentração de Dachau Próxima a Munique, Dachau foi a primeira cidade alemã a ter um campo de concentração. Para chegar no local, pegue o S2 até a estação Dachau, depois o bus 722 até a porta do Memorial. Abre das 9h-17h, menos segundas. Entrada gratuita. Já na entrada, a mentira: "Arbeit Macht Frei" ("O trabalho liberta"). Entre judeus, militantes políticos e outras minorias, mais de 200 mil foram encarcerados, dos quais 31.951, oficialmente, morreram ali. Outros milhares foram transferidos, tendo o mesmo fim em diversos campos de concentração que viriam a ser construídos pela Europa. Desde 1965 é um símbolo em memória às vítimas do nazismo, funcionando como um importante museu, repleto de fotos, filmes e documentos. Caminhe pelos sombrios espaços abertos onde ficavam os dormitórios, veja o expressivo memorial e também os insanos forno e crematório. Amargo e imperdível - deve ser visitado.

Schloss Neuschwanstein (Novo Cisne de Pedra) fica próximo à cidade de Füssen, e inspirou o Castelo da Cinderela, na Disney. Saindo de Munique pela estação Hauptbahnhof (o primeiro trem direto parte às 8h51), você chega em Füssen 2h mais tarde. De lá, pegue o ônibus sentido Hohenschwangau. Planeje sua volta a Munique contando um bom tempo para visitar este castelo. Abre das 9h-17h30. Entrada €6.

 

Oktoberfest

Se você acha que num dia normal os habitantes da “capital alemã da cerveja” já se mostram para lá de animados, têm um enorme apetite e bebem entusiasticamente (começam já no café da manhã), espere para vê-los durante a Oktoberfest – evento bárbaro por excelência, celebrado com a participação de multidões de visitantes de todo o mundo. Case a idéia dessa festa lhe pareça uma boa oportunidade para se divertir, reserve o seu lugar agora! O centro da Oktoberfest é o prado Theresienwiese (batizado em homenagem à princesa Teresa, cujo noivado com o príncipe Ludwig serviu de pretexto para a primeira das festas realizadas em outubro). Ali, 12 tendas enormes – algumas abrigando até 6.000 pessoas – são montadas com meses de antecedência. Essa festividade representa o ponto alto da paixão que a cidade nutre pela vida ao ar livre, além de ser o grito de despedida da estação em que esse tipo de prazer é possível. O evento é aberto com um desfile de 7.000 participantes que percorre as principais ruas de Munique antes de chegar à área da festa. Primeiro passam carros alegóricos decorados puxados a cavalo, representando as principais cervejarias da cidade (a Baviera se gaba de ter um sexto das cervejarias do planeta). Depois vêm as três grandes bandas de Munique e centenas de garçonetes vestindo roupas típicas da região. A área da festa é tão grande que quase de torna numa segunda cidade, cheia de barraquinhas de bebidas, pequenos shows, concertos a céu aberto, estandes de tiro e carrosséis, entre outras atrações. Ao som de música típica, cerca de 6.000.000 de pessoas consomem 5.000.000 de litros de um tipo de cerveja preparada especialmente para a festa, sem falar nas 400.000 salsichas e 600.000 galinhas. Os que visitam a cidade fora dos dias da festa podem, mesmo assim, passar horas deliciosas na Hofbräuhaus am Platzl. Desde 1589, ela é a maior e mais amada cervejaria de Munique e também a mais conhecida do mundo. Mas esse programa não é indicado para os mais sensíveis, pois a casa é uma eterna e barulhenta Oktoberfest.

 

Para mais informações: www.munchen-tourist.de

 

Escolha um destino:

Europa
Alemanha
Dinamarca
Espanha
Grã-Bretanha
Holanda
Itália
Portugal
Mais países [+]

África
África do Sul
Marrocos
Mais países [+]

América do Norte
Estados Unidos
Canadá
México

América do Sul
Brasil
Argentina
Chile
Peru
Bolívia
Mais países [+]

América Central
Cuba
Panamá
República Dominicana
Mais países [+]

Oceania
Austrália

Veja também:
Laifis de Turismo

Busca geral:

Curta nossa página nas redes sociais!

Sites da rede:

Sobre Nós | Política de Privacidade | Contrato do Usuário | Fale Conosco

Copyright © 2010 - 2017 Só Turismo. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.