Diversão

A oferta cultural e de diversão na Alemanha é tão ampla que agrada a quase todos os gostos, tanto a quem procura teatro de vanguarda e artes performáticas quanto aos que preferem os célebres festivais de música. Além de Berlim, cidades de grande porte como Munique e Frankfurt também oferecem várias opções de diversão – de teatro clássico a ecléticos night clubs, de espetáculos de ópera a discotecas.

Programação: as cidades alemãs, em sua maioria, contam com postos de informação turística, mas para dados detalhados vale checar a programação divulgada nos jornais e revistas. Em Berlim, as publicações Tip e Zitty circulam em quartas-feiras alternadas. O diário Berliner Morgenpost inclui o suplemento bm Live na edição de sexta-feira, e o Ticket circula às quartas-feiras com o Tagesspiegel. Em Munique, os melhores veículos para se informar são In München e o Münchener Stadtmagazin. Circula ainda uma revista mensal em inglês, a Munich Found, disponível nos postos de turismo. Outra boa fonte é a revista de jazz chamada Münchener Jazz-Zeitung, encontrada em lojas de discos e clubes de jazz. Em Frankfurt, procure nas bancas a revista Prinz, que traz a programação da cidade. A Fritz é uma publicação gratuita, e a Frankfurter Woche pode ser adquirida em postos de informação turística por um preço reduzido.

Ingressos: pode-se reservar ingressos para teatro e shows com duas semanas de antecedência ou comprá-los direto nas bilheterias ou por telefone. Em caso de reserva, é preciso retirá-los e pagá-los ao menos meia hora antes do espetáculo. Em Berlim há serviços de reserva antecipada para vários espetáculos, como Ticket Online. Um empresa berlinense especializada em ingressos de última hora é a Hekticket Theaterkassen, situada na Hardenbergerstrasse. Vende entradas para o mesmo dia, até uma hora antes da apresentação, em geral com 50% de desconto. Estudantes, idosos e deficientes têm direito a pagar meia-entrada – basta apresentar um comprovante ou algum tipo de identificação.

Teatro: como é de esperar na terra de Goethe e de Schiller, a Alemanha conta com forte tradição teatral e quase todas as cidades maiores têm um bom teatro. O teatro mais famoso de Berlim é o lindo Berliner Ensemble, que foi administrado por Bertolt Brecht. O Deutsches Theater destaca-se pela programação ousada e o Volksbühne exibe peças de jovens dramaturgos. Munique tem diversos teatros e a maioria apresenta peças em alemão. Um local bastante consagrado é o Cuvilliéstheater, em Residenz, enquanto o Deutsches Theater sedia algumas peças estrangeiras. O Kammerspiele é dedicado a obras contemporâneas. Frankfurt conta com um teatro no qual são encenadas obras em inglês, o English Theatre. Para apreciar peças novas e antigas, procure o principal teatro da cidade, o Schauspielfrankfurt.

Música Clássica e Dança: Berlim sedia uma das melhores orquestras do mundo, a Filarmônica de Berlim, cujo nome, Philharmonie, também designa uma das mais belas salas de espetáculo do planeta. A cidade possui três óperas: a Staatsoper Unter den Linden e a Komische Oper ficam na parte oriental da cidade, e a Deutsche Oper Berlin está situada no oeste. As três casas promovem espetáculos de balé, muitos deles apresentados por companhias do próprio teatro. Em Munique há duas casas de ópera e diversas orquestras residentes. Quem aprecia ópera e balé não deve deixar de visitar a Bayerische Staatsoper. O Gasteig é um complexo moderno, que oferece muitos espetáculos. O Prinzregententheater, em Munique, é a principal sede para apresentação de balé e espetáculos musicais. Frankfurt tem ampla oferta de atrações musicais. A Alte Oper oferece três saguões para apresentações de canto e de orquestra, e a Jahrhunderthalle sedia concertos e recitais clássicos.

Jazz, Rock e Pop: Berlim é um agitado destino de músicos famosos, que em geral se apresentam no Waldbühne. Várias casas de espetáculo sediam shows de qualidade. Os locais mais disputados são Quasimodo, na parte oriental da cidade, Schlot, em Prenzlauer Berg, e Junction Bar, em Kreuzberg. Para ouvir traditional jazz em Berlim, vá ao Jazzfest, realizado na primeira semana de novembro, época em que ocorre também o Total Music Meeting, dedicado a peças experimentais modernas. Em Munique, vale a pena ir no final da tarde a pequenos clubes como o Atomic Café, ou ouvir rock, blues ou jazz no Feierwerk. Jazz norte-americano é a atração do Alabamahalle, enquanto o Jazzclub Unterfahrt destaca-se no jazz tradicional. Em Munique, são comuns espetáculos gratuitos de rock promovidos no verão no Theatron, do Olympiapark. Frankfurt também tem tradição de jazz, concentrada na Jazzgasse (travessa do jazz) ou na Kleine Bockenheimer Strasse. Aqui você encontrará o melhor lugar do gênero na cidade, a Jazzkeller. Quem aprecia outros gêneros, como ritmos africanos, asiáticos e salsa, deve ir à Brotfabrik, que também tem um café. As discotecas de Munique e de Frankfurt em geral agradam ao público jovem e tocam de tudo: de funk e Techno a heavy metal. Alguns locais exigem trajes “adequados” de seus frequentadores.

Festivais e Feiras: os alemães adoram eventos e seu país talvez seja o que mais sedia festas e feiras em toda a Europa. A festa mais famosa é a Oktoberfest, realizada em Munique: estende-se por duas semanas a partir do fim de setembro e é regada a cerveja. Os adeptos da bebida de Baco também têm sua festa, o Weinfest (festival do vinho), realizado em agosto na região do Reno-Mosela e em outubro na Renânia. Muitos dos músicos mais famosos do mundo nasceram na Alemanha e por isso tantas cidades promovem festivais de música clássica e popular. Alguns exemplos são o Bach Festival, realizado em maio em Leipzig, e o International Beethoven Festival, promovido em Bonn no final de setembro. No fim de julho, a Bayreuth sedia o Opernfest, com o Ciclo do Anel de Richard Wagner. Convém lembrar que estes acontecimentos são disputados e em geral é preciso reservar os ingressos com um ano de antecedência ou comprá-los junto com um pacote turístico. Em dezembro ocorrem diversas feiras. Em cidades como Berlim e Munique destaca-se a feira de Natal (Christkindlmarkt), mas a de Nuremberg é considerada a mais interessante de todas.

Ar Livre: a Alemanha é o destino ideal para quem quer se dedicar a atividades a céu aberto, como trilhas, passeios de bicicleta, pesca e vela. O país também conta com diversos resorts para a prática de esportes de inverno, como o esqui, e as melhores pistas ficam nos Alpes bávaros, a apenas um hora de Munique. A equitação tem muitos adeptos e os cavaleiros encontram diversos locais com boa estrutura nas mais diversas áreas, além da possibilidade de participar de competições internacionais. Depois do futebol, o esporte mais apreciado é o tênis, disputado em vários torneios anuais. Além das quadras públicas, pode ser praticado em alguns hotéis. Jogadores de golfe com handicap pagam apenas pequena taxa.

 

Escolha um destino:

Europa
Alemanha
Dinamarca
Espanha
Grã-Bretanha
Holanda
Itália
Portugal
Mais países [+]

África
África do Sul
Marrocos
Mais países [+]

América do Norte
Estados Unidos
Canadá
México

América do Sul
Brasil
Argentina
Chile
Peru
Bolívia
Mais países [+]

América Central
Cuba
Panamá
República Dominicana
Mais países [+]

Oceania
Austrália

Veja também:
Laifis de Turismo

Busca geral:

Curta nossa página nas redes sociais!

Sites da rede:

Sobre Nós | Política de Privacidade | Contrato do Usuário | Fale Conosco

Copyright © 2010 - 2017 Só Turismo. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.