Compras

Os maravilhosos produtos da Suíça fazem dela o paraíso das compras. Fala-se inglês na maioria das lojas e shoppings. 
Uma visita à Suíça só é completa quando se compra um autêntico relógio suíço. Relógios finos são geralmente mais baratos do que em outros países. A Bucherer é a maior e mais famosa relojoaria do país, e oferece uma variedade de relógios que vão de CHF 50.- a CHF 100.000.-. 

Os chocolates são de uma variedade enorme de tamanhos, formas e sabores.

Excelentes compras são: tecidos, bordados, lenços finos, instrumentos de precisão, canivetes (como os genuínos Swiss Army Knife da Wenger), caixas de música, esculturas em madeira, cerâmica e outros artigos de artesanato, bem como antiguidades e livros de arte.

As lojas em cidades menores geralmente permanecem abertas das 08h30 às 12h e das 14h às 18h30, fechando nos finais de semana. Nas cidades maiores as lojas não fecham para o almoço e normalmente estendem seus horários de funcionamento uma noite por semana até às 21h, comumente às quintas-feiras. Em Zurique, ficam abertas até às 20h todos os dias (exceto finais de semana).

Alfândega

Itens que podem ser importados (duty-free) por pessoa: 
Artigos pessoais
Itens pessoais como roupas, artigos de higiene, livros, artigos esportivos, câmeras fotográficas ou de vídeo (incluindo filmes), instrumentos musicais, computador portátil e outros artigos de uso pessoal.
Comida
Alimentos e bebidas não-alcoólicas para o dia da viagem.
Dinheiro
Importação e exportação de dinheiro em espécie não estão sujeitas a restrições. 
Bebidas e tabaco
Limites aplicados a pessoas com mais de 17 anos:

  • 200 cigarros ou 50 charutos ou 250g de tabaco.
  • 2 litros de bebidas com teor alcoólico até 15% e 1 litro de bebida com teor alcoólico maior de 15%.

Outros artigos
para outros artigos o limite total é de CHF 300 por pessoa. Em caso de dúvidas consulte o site www.afd.admin.ch/e/private/rv/reisen_einkaufen.php.

Impostos

O imposto VAT (Value Added Tax) é de 7,6%, já embutido no preço pago em mercadorias compradas na Suíça. Você pode requisitar nas lojas o Global Refund Cheque e pedir reembolso do VAT. Três passos para pedir seu reembolso na Suíça:

1- Na loja:
O total de compras em uma loja deve ser de CHF 400 ou mais (incluindo o VAT). O turista deve residir fora da Suíça e os produtos devem ser levados para fora da Suíça dentro de 30 dias.
2- Na alfândega:
Quando estiver deixando a Suíça, as autoridades da alfândega suíça devem checar os produtos e depois carimbarem os Tax Free Shopping Cheques.
3- Recebendo o reembolso:
Os consumidores têm diversas escolhas:

Podem imediatamente trocar por dinheiro em um Cash Refund Office; pedir crédito direto para um cartão de crédito ou conta bancária ou um cheque, o que for mais conveniente.

Comunicação

Telefone: a Swisscom é a maior companhia de comunicações da Suíça. Suas cabines telefônicas estão espalhadas pelos aeroportos, estações ferroviárias e por todo território. A maior parte dos cartões de crédito pode ser usada para telefonar. Cartões telefônicos estão à venda nos correios, estações de trem, bancas, postos de gasolina e outros locais. Há lojas da Swisscom por toda Suíça que alugam telefones celulares (www.swisscom.com).

Se você estiver ligando da Suíça, é necessário digitar o código internacional do país de destino. Por exemplo, para ligar para o Brasil, é preciso usar o código internacional do país: "55"; para Portugal, "351". O código de cada país deve vir seguido do código da cidade (sem o "0"), conforme mostrado no seguinte exemplo: "+55 11 1234-5678". Via de regra, para usar o sinal "+", basta pressionar e segurar a tecla "0" por alguns segundos.

Via de regra, todos os hotéis cobram um adicional para chamadas telefônicas. Com o cartão telefônico suíço (Taxcard©), é possível realizar ligações domésticas e internacionais sem o uso de dinheiro a partir de telefones públicos na Suíça. O Taxcard© pode ser adquirido nas Lojas Swisscom, nos Correios, nas bancas e nos postos de gasolina por CHF 5, CHF 10 e CHF 20.

Correio: os correios em grandes cidades estão abertos de segunda à sexta, das 8h30 às 18h30 e sábados, das 8h às 12h. (www.swisspost.ch)

Internet: muito dos cyber cafés que emergiram nos anos 1990 vem fechando, provavelmente porque a Suíça possui um dos mais altos índices de conexões banda larga em residências do mundo, mas quase todas a locadoras de vídeo e a maioria das estações de trem têm terminais de internet. Consulte a agência de turismo deve saber lhe indicar as mais próximas. Vinte minutos de internet geralmente custam 5 CHF. Além disso, você pode enviar e-mail, SMS ou pequenos faxes de simplesmente quase todas as cabines telefônica públicas por menos de 1 CHF. Em algumas cabines telefônica públicas é possível navegar na internet. Há muitos centros comercias e cidades (Lausanne e Vevy, por exemplo) que oferecem acesso wireless à internet: pergunte ao jovens habitantes; talvez eles oissam lhe informar aonde ir.

 

  

Escolha um destino:

Europa
Alemanha
Dinamarca
Espanha
Grã-Bretanha
Holanda
Itália
Portugal
Mais países [+]

África
África do Sul
Marrocos
Mais países [+]

América do Norte
Estados Unidos
Canadá
México

América do Sul
Brasil
Argentina
Chile
Peru
Bolívia
Mais países [+]

América Central
Cuba
Panamá
República Dominicana
Mais países [+]

Oceania
Austrália

Veja também:
Laifis de Turismo

Busca geral:

Curta nossa página nas redes sociais!

Sites da rede:

Sobre Nós | Política de Privacidade | Contrato do Usuário | Fale Conosco

Copyright © 2010 - 2017 Só Turismo. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.