Você está em Europa > Alemanha

Rota Romântica

A Estrada Romântica (Romantische Strasse), a partir de Würzburg rumo ao sul na direção de Füssen, na fronteira com a Áustria, deve seu nome às dezenas de cidades, vilarejos e castelos medievais que existem ao longo de seus 290km e não propriamente às paisagens entre eles. Por isso é uma pena que algumas pessoas se espremam nos ônibus de turismo dispostas a ver tudo num único dia. Elas não compreendem a essência do que torna esse passeio uma experiência única – a sequência de pequenas cidades, pérolas de um colar, que merecem ser apreciadas co toda calma. Antes mesmo de você partir, uma visita a Würzburg e ao seu glorioso palácio barroco dará tom certo à sua excursão. Fruto da associação de uma grande riqueza com o brilhantismo do arquiteto Balthasar Neumann, o Residenz foi encomendado em 1720 pelos poderosos bispos-príncipes, amantes da boa vida que iriam usá-lo como residência, sem verem nenhum conflito entre seu ofício religioso e a flagrante ostentação. À entrada do palácio, uma monumental escadaria arqueada, a maior do país, é um lembrete não muito sutil de que você está numa das mais suntuosas construções da Europa. Como toque final, Giovanni Tiepolo foi chamado de Veneza para decorar a parte do teto acima da escadaria – e outras mais – com afrescos coloridos. O artista se superou na originalmente rebuscada Sala do Trono – os detalhes de estuque e a arquitetura grandiosa ganharam ainda mais realce com seu trabalho, que criou um ambiente etéreo, opulento e mágico.

Se tanta grandiosidade o deixar tonto, recupere as forças saboreando amostras dos vinhos brancos locais na aconchegante taberna que há na adega do Residenz. Parta então para Rothenburg ob der Tauber (Castelo Vermelho às margens do Tauber), a mais bem preservada cidade medieval da Europa. De fato, ela é uma típica atração para turistas, mas, ainda assim, maravilhosa: flores se esparramam das jardineiras nas sacadas, há casas revestidas com detalhes de madeira, alamedas pavimentadas com pedras antigas, muralhas com mais de 1,5km de extensão e uma prefeitura do século XIII.

A beleza, a história e o charme de Rothenburg encontram eco no mundialmente conhecido Hotel Eisenhut – talvez você nunca queira sair do saguão, onde há vestígios de uma capela do século XII. Essa construção é mantida pelo bisneto do seu proprietário original, que em 1876 começou a oferecer quartos a viajantes, fundindo quatro casas da nobreza do século XVI na antiga praça do mercado. O salão de jantar, com três andares, é um dos mais disputados da cidade, pelo menos até a chegada do verão, quando todos se dirigem para uma área pavimentada à beira do rio Tauber. Esse hotel é o lugar ideal para quem está realizando o passeio pela Rota Romântica, e muitas pessoas o consideram o melhor do seu gênero na Alemanha. No dia seguinte, parta para Dinkelsbühl, uma versão menos ostensivamente turística do que Rothenburg. Passe em Nördlingen a tempo de ouvir o leiloeiro público do alto da torre da igreja e visite o melhor exemplo de arquitetura barroca, Wieskirche, que se destaca em meio a um prado alpino. Comece e termine sua experiência em grande estilo, conhecendo os dois castelos do perturbado rei Ludwig, Hohenschwangau e Neuschwanstein, que, ao sul, finalizam a Rota Romântica.

 

Palácio Residenz de Würzburg

Fonte: www-users.rwth-aachen.de

Vinha da Região Vinícola da Franconia

http://gogermany.about.com/

Rothenburg ob der Tauber

http://gogermany.about.com/

Wieskirche

Fonte: www1.ocn.ne.jp

Lago “Alpsee”

http://gogermany.about.com/

Neuschwanstein

Fonte: greyfalcon.us/restored

Como referenciar: "Rota Romântica - Alemanha" em Só Turismo. Virtuous Tecnologia da Informação, 2010-2021. Consultado em 15/06/2021 às 13:19. Disponível na Internet em http://www.soturismo.com.br/continentes/europa/alemanha/Rota_Romantica/