Você está em Europa > Espanha

Espanha (continuação)

Viagem

O sistema de transporte espanhol é cada vez mais eficiente. Todas as principais cidades têm aeroportos e vôos de várias partes do mundo chegam a Madri e Barcelona, mas há outros aeroportos internacionais como Sevilha e Valência. Tanto a rede ferroviária como a rodoviária foram muito aperfeiçoadas nos anos 1980 e nos preparativos para as Olimpíadas de 1992. Os trens interurbanos mostram-se confiáveis, mas os ônibus são a opção mais rápida e frequente entre cidades menores. No interior, de transporte público limitado, é mais prático viajar de carro. Há serviços de ferryboat para as Ilhas Baleares e diversos portos do Reino Unido.

Avião: a Ibéria, empresa aérea espanhola, e a Tap oferecem várias opções de vôos, com ou sem escalas, entre Brasil e Espanha.

Trem: têm diferentes classes e horários, de modo que pode variar muito o preço da passagem para um mesmo destino. Em alta temporada espere vagões lotados.

Ônibus: são operados por várias companhias, criando uma rede mais extensa que a de trens. Os preços variam, compare sempre com os de trem. É a opção mais econômica para as cidades costeiras.

Acomodação

A Espanha oferece uma variedade de opções de hospedagem, em diversos preços. No topo da escala estão as suítes de antigos castelos medievais ou palácios reais – muitos desses locais são paradores, luxuosos hotéis estatais. Em seguida, vêm os hotéis de praia e as mansões adaptadas. A alternativa econômica está nas hospedarias familiares (simples, mas confortáveis), os  hostals e os albergues. Hostal é a hospedagem típica da Espanha. Costumam ser como grandes apartamentos em prédios velhos e com pé-direito alto, ostentando quartos com pia para uma ou duas pessoas, com banheiros no corredor, e sem café da manhã. Não estranhe em encontrar velhas señoras e señores em estações marqueteando seus estabelecimentos. Os preços variam muito conforme a qualidade e localização e sempre podem ser barganhados, principalmente quando o local não está cheio. Grandes cidades como Madri possuem dezenas de hostales numa única quadra (muitos inclusive no mesmo prédio) e você pode entrar e olhar um por um se quiser.

Comes & Bebes

O almoço (almuerzo) é a principal refeição dos espanhóis antes da nacional siesta. O jantar (cena), é servido até às 23 horas. Há uma grande diversidade de comidas típicas. Um dos pratos mais tradicionais, e que você não pode deixar de comer, é a Paella, arroz com açafrão, frutos do mar, verduras, e às vezes frango ou carne. Paella na Espanha, só na Espanha. Muito populares também são as Tortillas, uma omelete com batatas, cebolas e alho. Tapas são socializantes, ideal para comer em bares com amigos. São pequenas porções de comidas de diferentes tipos e tamanhos. Você encontra as empanadillas (atum e tomates fritos), boquerones (peixe frito), setas (cogumelos em molho de alho) e mejillones (mexilhões), entre uma grande variedade de frutos do mar e outras opções alimentícias. O Gazpacho é uma sopa de tomates, pepino e pimenta, servida frio, e por isso consumido basicamente no verão. Vinho e cerveja são bebidas comuns, mas o mais típico é mesmo a sangria, vinho tinto adocicado, misturado com frutas e outros drinks.

  

Como referenciar: "Espanha - Hospedagem e Alimentação" em Só Turismo. Virtuous Tecnologia da Informação, 2010-2021. Consultado em 15/06/2021 às 14:10. Disponível na Internet em http://www.soturismo.com.br/continentes/europa/espanha/p3.php