Você está em Europa > Grã-Bretanha

Castelo de Windsor

Ocupando um lugar de honra na identidade nacional britânica, Windsor é o maior e mais antigo castelo da Grã-Bretanha e, com seus 1.000 aposentos, o maior castelo habitado do mundo. A rainha atual, Elizabeth II, passou grande parte da infância nessa residência, por isso seus súdicos compreendem sua dor quando um incêndio devastador destruir parcialmente 100 cômodos da propriedade em  1992. à um custo de US$ 53  milhões, a restauração, concluída em 1997, empregou um exército de artesãos que se value das mesmas técnicas utilizadas quando o castelo começou a ser construído por Guilherme, o Conquistador há 900 anos. Desde então ele foi habitado por oito dinastias sucessivas. Em 1916, o rei Jorge V assumiu o nome do local – em parte para dissociar a família real de suas origens germânicas. Destaques numa visita ao Castelo de Windsor incluem a troca da guarda, que ocorre mesmo a ausência da rainha (ainda que com menos pompa); a casa de bonecas da rainha Mary, um refinado presente em miniatura projetado pelo arquiteto sir Edwin Lutyens; e a Capela St. George, joia arquitetônica do século XVI, que divide com a Abadia de Westminster a honra de servir de panteão a muitos monarcas ingleses. A sepultura simples no centro abriga a câmara mortuária de Henrique VIII e de sua Terceira mulher, Jane Seymour.

Localização: 34km a oeste de Londres. Tel. (44) 1753-869-898; fax (44) 1753-832-290; [email protected]; www.royal.gov.uk/TheRoyalResidences

Quanto: ingresso (ao castelo, à casa de bonecas  e à capela) de aproximadamente US$ 17

Quando: diariamente, ainda que com restrição de horário e de salas em Abril, Junho, Dezembro e em ocasiões de eventos oficiais.


Fonte: www.destination360.com

Como referenciar: "Castelo de Windsor - Grã Bretanha" em Só Turismo. Virtuous Tecnologia da Informação, 2010-2021. Consultado em 15/06/2021 às 13:39. Disponível na Internet em http://www.soturismo.com.br/continentes/europa/gra_bretanha/Castelo_Windsor/