Você está em Europa > Grã-Bretanha

Salisbury

Salisbury, pronuncia-se “Solsbree” ou “Sauls-bree”, é uma pequena cidade catedral em Wiltshire, Inglaterra. Salisbury foi fundada em 1220, quando os moradores do antigo povoado normando de Old Sarum deixaram o local e se fixaram nessa área de prados, na qual os rios Nadder, Bourne, Avon, Ebble e Wylye se encontram.

Há muito as pinturas de Turner e Constable fizeram com que o público se familiarizasse com a Catedral de Salisbury e sua notável agulha de 123m de altura. A catedral começou a ser construída em 1220 e foi concluída no tempo recorde de 38 anos (a agulha, então a estrutura mais alta do mundo – e ainda hoje a mais alta da Inglaterra –, foi acrescentada no final do século XIII). Como muitas grandes catedrais exigiam obras que duravam séculos, essa foi uma notável realização da engenharia da época, comparável aos mais arrojados projetos de arranha-céus na Manhattan do século XX.

Graças a sua rápida conclusão, a Catedral de Salisbury é a mais estilisticamente harmoniosa das grandes catedrais europeias, marcando o auge do chamado estilo gótico primitivo. Em 1668, sir Christopher Wren mediu uma preocupante inclinação de 74cm na agulha, mas nenhuma nova alteração foi detectada desde então.

Os que confiam numa arquitetura de 700 anos de idade podem se aventurar a subir os degraus que levam ao alto da torre para ter uma visão da pequena cidade de Salisbury e da planície de mesmo nome na direção de Stonehenge, o outro monumento importante e muito mais antigo de Wiltshire. A interessante e ainda animada cidade de Salisbury foi criada por causa da catedral e não o contrário, como geralmente acontecia.

A ampla e calma Close (praça da catedral) abriga também escolas, a residência do clero e a medieval King’s House, que sedia o Salisbury and South Wiltshire Museum. O museu exibe peças primitivas, recolhidas em sítios pré-históricos próximos, como o Stonehenge e o Old Sarum.

Atrás dos muros da catedral, Salisbury tem intrincada distribuição. As diversas atividades de cada área ficaram registradas nos nomes das ruas, como Fish Row (travessa de peixe). Saindo da praça pela High Street chega-se à Church of St Thomas, do século 13, com lindo teto de madeira esculpido (1450). Perto, na Silver Street, a Poultry Cross foi construída no século 15 para acomodar um mercado de aves. No agitado Market Place, muitas construções de tijolos com fachada em estilo georgiano escondem casas medievais.

Recebendo peregrinos e andarilhos desde os primeiros tempos, a estalagem Rose and Crown Inn, do século XIII, com sua vigas entalhadas à mão e seu aspecto hospitaleiro, continua intacta e é um bom lugar para se pernoitar. Os gramados dessa encantadora hospedaria se prolongam até o rio Avon, onde hóspedes despreocupados podem relaxar e ficar contando os cisnes que passam por ali. A paisagem sugere um quadro de Turner que ganhou vida, com a majestosa agulha da catedral pairando nas alturas bem diante dos nossos olhos.

Salisbury: 145km a sudoeste de Londres/13km ao sul de Stonehenge.

Catedral de Salisbury: o ingresso é gratuito, mas donativos de US$6 são bem-vindos. www.salisburycathedral.org.uk

The Legacy Rose and Crown Inn: Harnham Road, a 2km do centro de Salisbury. Tel. 0870 832 9946; www.legacy-hotels.co.uk.

Melhor época: o coro da catedral canta nas missas da tarde com frequência (ver a programação). A feira da cidade é realizada Quintas e Sextas; um festival cultural de 2 semanas ocorre no fim de Maio - inicio de Junho.


Salisbury Cathedral  - Photograph © Andrew Dunn, 21 June 2005.


Salisbury Street - Photograph © Andrew Dunn, 21 June 2005.

Como referenciar: "Salisbury - Grã Bretanha" em Só Turismo. Virtuous Tecnologia da Informação, 2010-2021. Consultado em 15/06/2021 às 14:01. Disponível na Internet em http://www.soturismo.com.br/continentes/europa/gra_bretanha/Salisbury/