Você está em Europa > Itália

Pompeia

Não importa quanto tenhamos lido a respeito de Pompeia, nada nos prepara completamente para o impacto provocado por suas ruínas, que estão entre as mais famosas do mundo.

É como se os antigos romanos tivessem partido ontem – as casas, as lojas de vinhos, os banhos públicos e os bordéis que eles deixaram para trás são como janelas pelas quais podemos entrever a vida que animava essa vibrante cidade portuária ao pé do monte Vesúvio nos tempos dos césares.

No ano 79 d.C., uma das mais terríveis erupções vulcânicas da história – registrada por  Plínio, o Jovem, que assistiu a tudo à distância – enterrou a cidade inteira sob mais de 6m de cinzas (e não de lava), o que a preservou até o século XVI, quando foi redescoberta.

Apenas em meados do século XVIII começaram a ser feitas escavações em larga escala. Mesmo hoje, porém, dois terços de Pompeia (cerca de 24 ha) permaneceram soterrados.

A opulência da cidade pode ser constatada no caráter intrincado dos mosaicos dos pisos e nos exuberantes afrescos que enfeitam as villas (casas), ainda que muitos dos objetos de arte tenham sido roubados há bastante tempo ou transportados, por questão de segurança, para o Museu Arqueológico Nacional, em Nápoles.

Embora seja visitada por cerca de 1.000.000 de turistas por ano, Pompeia é grande o bastante para garantir alguns recantos tranquilos e para provocar certa desorientação sem a ajuda de um guia. Áreas inteiras dessa cidade morta encontram-se fantasticamente intactas, uma lembrança sinistra de um lugar que parecia tão avançado e civilizado quanto tudo o que nos rodeia hoje em dia, ou até mais.

Pompeia

Fonte: projet-voyage-moto.blogspot.com


Fonte: www.horizon-virtuel.com/pompei.htm

Como referenciar: "Pompeia - Itália" em Só Turismo. Virtuous Tecnologia da Informação, 2010-2019. Consultado em 22/11/2019 às 05:19. Disponível na Internet em http://www.soturismo.com.br/continentes/europa/italia/Pompeia/