Você está em América do Sul > Chile

Chile (continuação)

Viagem

Para viajar pelo país, existem duas companhias aéreas com vários voos diariamente a quase todas as cidades. Existem também várias empresas de ônibus que cobrem todo o país. Alguns servem comidas e bebidas não alcoólicas.

Há serviços de trem cobrindo Santiago até Temuco, Arica até La Paz e Calama aré Oruro. O serviço é lento, pouco confortavél e pouco confiavél nos dias de operação.

Nas cidades, existem táxis (na cor preta com o teto amarelo) que são baratos e paga-se de acordo a quantidade que o taxímetro marca ao fim da viagem. Pode-se ainda alugar carros em quase todas as cidades do país. Os requisitos são carteira de motorista, mais de 25 anos e cartão de crédito.

Acomodação

O Chile oferece uma grande quantidade de opções de estabelecimentos para hospedagem, dentre eles hotéis, pousadas e alojamentos diversos. A maior parte das redes e estabelecimentos situam-se na cidade de Santiago, onde ocorre uma intensa atividade turística e comercial.

Os hotéis e as pousadas no Chile atendem à diversos tipos de turistas, desde os mais sofisticados, até os que procuram por algo mais simples. Além dos inúmeros hotéis requintados há ainda uma vasta oferta de hotéis e de pousadas que fornecem preços baixos, com estabelecimentos básicos, porém, bem limpos e com um bom atendimento. Em épocas de alta temporada é importante que você faça sua reserva de hospedagem com antecedência.

Comes & Bebes

A comida no Chile é bastante cara. Se você não quer gastar muito, evite restaurantes em vias principais, optando por locais menos requintados. A comida típica chilena caracteriza-se por um aproveitamento dons da terra e do mar. Assim como em outras culturas da América central e do sul, o milho é Rei, sendo um dos pratos mais conhecidos o Pastel de Choclo (milho). Também as Cazuelas (caçarolas) de carne ou de aves, e as Parrillas (muito conhecidas na Argentina), mais especificamente o Asado Chileno à la Parrilla, são populares no Chile.

A extensa costa marítima chilena permite que os pratos de peixe sejam ricos e variados, sendo de salientar a Albacora ou Corvina a la mantequilla, o Congrio Frito, os Mariscales, etc. Integrada já na culinária internacional encontra-se a Empanada Chilena, que pode ser frita ou assada, recheada com carne e cebola ou com queijo e mariscos.

Mas a gastronomia chilena é tão rica como diversa em termos de regiões: a culinária patagônica é marcada pelo uso de cordeiro e Ostiones; no norte a preferência é pelos Cebiches e as Papas a la Huancaina, de origem peruana. No Centro-Sul, dominam as carnes sob todas as formas e para todos os gostos.

Quanto a bebidas, o Chile é famoso por seus excelentes vinhos que são exportados para o mundo inteiro. Em especial, podemos citar os vinhos do Vale do Maípo, onde são obtidos os melhores caldos tintos e brancos. Não deixe de experimentar o pisco, especialmente o "pisco sour", drinque preparado com suco de limão e açúcar.

Bares e restaurantes costumam vender cerveja de barril (chop), mais econômica que a cerveja engarrafada. Quanto à água, no Chile ela é potável em quase todo lugar.

  

Como referenciar: "Chile - Hospedagem e Alimentação" em Só Turismo. Virtuous Tecnologia da Informação, 2010-2022. Consultado em 01/07/2022 às 23:46. Disponível na Internet em http://www.soturismo.com.br/continentes/america_do_sul/chile/p3.php