Brighton

Cidade da costa sul mais próxima de Londres, Brighton é bastante movimentada.

A maior estrela de Brighton, que se auto-intitula “Londres à beira-mar”, é o Royal Pavilion. Hoje restaurado, esse palácio pseudo-oriental dedicado à diversão foi construído no fim do século XVIII pelo príncipe regente e futuro rei Jorge IV. O palácio originalmente era uma casa de fazenda, mas à medida que suas festas foram se tornando mais extravagantes o príncipe passou a almejar um cenário mais ousado e, em 1815, contratou o arquiteto John Nash para transformar a casa em um fantástico palácio oriental. Concluído em 1822, seu exterior permanece praticamente inalterado.

O palácio demonstra de forma flagrante os excessos e as extravagâncias da época em que Brighton se tornou o mais célebre resort costeiro da Grã-Bretanha e também um dos primeiros do gênero na Europa. Sua fantasiosa estrutura com minaretes e domos em forma de cebola combina com o interior, que exibe uma das decorações mais extraordinárias da Europa. A rainha Vitória e o rei Alberto visitaram-no algumas vezes, mas a monarca não se empolgou com o clima hedonista da cidade e optou por fazer as malas.

No início do século XX, Brighton estava se tornando fora de moda e logo ficou conhecida por seu ar de decadência. Mesmo assim, foi adotado pelos que buscavam o clima romântico e melancólico das cidades do litoral fora da temporada. E sua volta à moda está em pleno curso.
Esse lugar é amado por sua brisa envolvente, por sua arquitetura, pela antiga preferência da família real e pelo prazer de comer peixe e fritas enquanto se caminha por quase 5km de entretenimentos alinhados ao longo do píer. A diversão concentra-se na praia de pedras de Brighton. O Brighton Pier, típico quebra-mar em estilo vitoriano tardio, hoje está cercado de arcadas.

Também vale a pena visitar a área atualmente em alta conhecida como  The Lanes, o labirinto de lojas e vielas do antigo vilarejo de Brighthelmstone, com cafés, lojas de antiguidades e galerias. Vale a pena descobrir o caminho que leva ao English’s Oyster Bar & Seafood Restaurant, uma instituição tradicional, conhecida por seu clima tranquilo e suas ostras ultrafrescas, entre outras delícias provenientes do canal da Mancha. Peça uma mesa no andar de baixo.
Brighton: 84km ao sul de Londres no litoral.

Royal Pavillion:  www.royalpavilion.org.uk. Quanto: ingresso US$8,50.
Engilsh’s Oyster: East Street, 29-31. Tel. (44) 1273-327-980. www.englishs.co.uk.
Melhor Época: a maior parte de Maio é dedicada ao Festival de Brighton, o maior festival de artes da Inglaterra.


The Royal Pavilion East Front
Brighton Royal Pavilion, East Sussex.


www.royalpavilion.org.uk

Brighton's Pier e pebbly beach, East Sussex.

 

Escolha um destino:

Europa
Alemanha
Dinamarca
Espanha
Grã-Bretanha
Holanda
Itália
Portugal
Mais países [+]

África
África do Sul
Marrocos
Mais países [+]

América do Norte
Estados Unidos
Canadá
México

América do Sul
Brasil
Argentina
Chile
Peru
Bolívia
Mais países [+]

América Central
Cuba
Panamá
República Dominicana
Mais países [+]

Oceania
Austrália

Veja também:
Laifis de Turismo

Busca geral:

Curta nossa página nas redes sociais!

Sites da rede:

Sobre Nós | Política de Privacidade | Contrato do Usuário | Fale Conosco

Copyright © 2010 - 2017 Só Turismo. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.