Florença

Florença (Firenze, em italiano; Florence, em inglês), com 448 mil habitantes, é a capital da Toscana, talvez a região que mais faça jus a nossa imagem de Itália. Berço do Renascimento, Florença é sinônimo de arte e cultura; verdadeira cidade-museu, onde moraram Dante, Michelangelo e Machiavelli. Sob o domínio da família Médici, no século 15, a cidade foi um poderoso centro comercial e bancário, e por isto teve um desenvolvimento mais rápido que outras cidades italianas. Investindo em pinturas, esculturas, arquitetura, igrejas, palácios e pontes, a cidade literalmente floresceu, tornando-se um dos maiores expoentes artísticos da humanidade, sobrevivendo aos ataques na 2ª Guerra e a uma forte enchente em 1966. Florença, de fato cresceu, e tanto se fala que pode decepcionar alguns viajantes. A grande maioria, sem dúvida, entra no clima e se mantém estarrecida.


Fonte: flickr.com

 

Informações

Código de acesso: 055

Centros de Informações: Há um CI na estação ferroviária Stazione Santa Maria Novella perto da plataforma 16, aberto das 7h-21h. Você pode fazer reservas de hotéis pagando uma taxa. Outro posto para informações locais fica do lado de fora da estação, onde estão as paradas de ônibus, aberto em alta temporada de seg/sáb 8h-19h30 e de out/jun 8h-14h. O principal APT (www.firenzeturismo.it) está na Via A. Manzoni, 16. Oferece mapas, informações de hotéis e das atrações e toda a programação cultural do momento. Consulte os guias Florence Today e o mensal Firenze Information e Firenze Avvenimenti. Nas bancas você compra o informativo Firenze Spettacolo (www.firenzespettacolo.it). Também à venda é o Firenze: Pianta della Cittá, um mapa mais detalhado.

 

Na cidade

Orientação

O coração de Florença fica entre o Duomo ao norte, o rio Arno ao sul, o Palazzo del Bargello a leste e o Palazzo Strozzi a oeste.

 

Chegando e saindo

Há 2 aeroportos: Amerigo Vespucci e Galileo Galilei. O primeiro fica em Via del Termini 11, a poucos quilômetros a nordeste da cidade, para vôos domésticos e alguns europeus. Você chega lá com o ônibus 62, que sai da estação de trem a cada 20 minutos, das 6h-22h20. Já o Aeroporto Internacional Galileo Galilei fica a longínquos 84 km, na verdade em Pisa. Trens saem da plataforma 5 da estação Santa Maria Novella para lá, levando 1 hora.

Santa Maria Novella também é a principal estação de trem, localizada junto à igreja de mesmo nome, na Piazza della Stazione. Há trens freqüentes, quase de hora em hora, para Roma (2-3h), Veneza (3h), Bolonha (1h) e Milão (3-4h).

Para ônibus, são duas as estações: a SITA, junto a estação de trem e LAZZI, na Piazza Adua 1-4r.

 

Como Circular

Piazza del Duomo é uma ótima referência na cidade. De lá saem duas grandes ruas: Via dei Calzaioli, de pedestres, que passa pela Piazza Signoria e chega até o rio Arno, e paralela a ela, a Via Roma, que passa pela Piazza della Repubblica até a ponte Vecchio.

Florença tem um centro histórico bem concentrado. O transporte pela cidade torna-se praticamente desnecessário, sendo o ideal percorrê-la a pé. Mas caso necessário, para longas distâncias como a Piazzale Michelangelo, pegue os ônibus laranja ATAF (Azienda Trasporti Autolinee Fiorentine), que funcionam entre 6h-1h da madrugada, cujo terminal está à esquerda da estação em Via Valfonda, em uma pequena praça. O ticket é válido por uma hora, devendo ser comprado antes de entrar no ônibus (em tabacarias, bancas de jornal ou nas máquinas próximas às paradas) e validado nas máquinas; caso contrário, arrisca-se a uma multa alta. Existem tickets válidos para 3 horas, um dia, 3 dias e 4 tickets de 1 hora.

Como uma boa cidade Italiana, você pode conhecer Florença pedalando. Opções para locação de bikes é o Florence by Bike, com muitos tipos de bicicletas. Organizam também tour pela cidade e região. Na Via San Zanobi, 120-122r, fone 488992, aberto diariamente 9h-19h30.

 

Acomodação

Florença recebe turistas o ano inteiro e é uma cidade preparada para isso. Acomodações baratas existem próximas à estação de trem. Se você chegar de manhã cedo, não deverá ter maiores dificuldades. Chegando mais tarde, prepare-se para solicitar o serviço de acomodação. Quanto mais próximo do centro histórico, mais caro. No verão os preços costumam subir.

Ostello Villa Cameratta, albergue HI. Viale Augusto Righi 2-4. Fone 601451. Pegue o ônibus 17b do lado direito da estação, perto da plataforma 6. São 30 minutos de viagem. Diária por pessoa com café da manhã incluído. É um pouco distante do centro de Florença, mas vale à pena. O lugar é legal, com jardins e uma boa estrutura, apesar de muita gente nos quartos - no mínimo 10 beliches. Ao todo são 300 camas. Lock-out das 9h-14h. Curfew 24h. Jantar disponível.

Hotel Etrusca (www.hoteletrusca.com) Perto da estação, em Via Nazionale 35, 3º piso. Fone 2396885. Diária por pessoa, para duas pessoas, sem café da manhã. São 7 quartos, todos com pia e armário. O quarto duplo é com cama de casal. É limpo e não há curfew. Recepção fecha das 1h-6h.

Hotel Abaco (www.abaco-hotel.it) Via dei Bianchi 1, 1º andar. Fone 2381919. Da estação, ande em frente até Piazza Santa Maria Novella. Com a igreja à direita, a Via dei Bianchi estará no seu lado esquerdo. São 90 camas. Diárias com café da manhã para uma pessoa e para duas (sem banheiro/com ducha/com banheiro completo). Ambiente aconchegante, sala de café com TV, lavanderia e janelas com isolador acústico.

Hotel Berna (www.hotel-berna.it) Largo Fratelli Alinare (no início de Via Nazionale), 11. Fone 218638. Da estação, ande até a Piazza della Stazione e está no início da Via Nazionale do lado direito. Boa vista de Florença. São 14 quartos. Diárias para uma pessoa, para duas (sem/com banheiro), triplo (com banheiro), e para 4 pessoas (com banheiro). No inverno os preços são negociáveis, barganhe.

Hotel Kursaal & Ausonia (www.kursonia.com) Via Nazionale, 24r, 3º andar. Fone 496547/496324, fax 4626615. São 13 quartos grandes, com pia e bastante limpos. Recepção é no 2º piso. Sem curfew. Agradável sala de encontro.

Albergo Margaret (www.hotel-margaret.it) Via della Scala, 25, 1º andar. Fone 210138. Diárias para uma pessoa (sem/com banheiro) e para duas (sem/com banheiro). Os preços alteram de acordo com a estação. Ambiente familiar, com 8 quartos pequenos. Recepção fecha da meia-noite às 7h30, mas não há curfew, a chave fica com o viajante.

 

Comes & Bebes

A comida da Toscana é simples e muito boa. Típico em Florença é o azeite de oliva e feijão branco. Experimente bruschetta (uma torrada com óleo e alho, acompanhada de tomate), ribollita (sopa de vegetais e feijão branco) e bistecca alla Fiorentina, refeição de bom tamanho, com um bifão. Entre o Duomo e o rio Arno, há muitos restaurantes por quilo, com longas filas, principalmente em Via del Calzauoli. Ao redor da Via Nazionale encontra-se restaurantes com preços razoáveis. O Mercato Centrale em San Lorenzo, é um mercado de queijos frescos e outras variedades que acontece de seg/sáb das 7h30-14h entre jun/set; de out/maio aos sábados até 18h. Entre os supermercados, o Standa, Via Piettrapiana 1r, das 8h30-20h, domingos até 13h30. Outras sugestões são: Trattoria Za-Za, na Piazza del Mercato Centrale 26r, especialidades são sopas, não exatamente baratas. O Angie's Pub, na Via dei Neri 35r, tem bons sanduíches, vários tipos de cerveja e não cobra serviço extra se você se sentar. O bar e trattoria Mario's, na Via Rosina 2r, perto da Piazza del Mercato Centrale é muito popular entre os italianos e serve apenas almoço, pasta e secondo prato, fechado em agosto. Os sorvetes de Floreça são imperdíveis. Entre tantas sorveterias, prove no Vivoli il Gelato em Via dell'Isola delle Stinche 7, com muitos sabores, mas pateticamente fecha em agosto.

 

Atrações

Cattedrale di Santa Maria del Fiori (Duomo) Na Piazza del Duomo. É o cartão postal de Florença. Abre 10h-17h, domingos 13h-17h. Atenção: não entra quem estiver de saia, bermuda ou roupa decotada. Com sua impressionante fachada em mármore verde rosa e branco, a construção durou 150 anos. A cúpula foi desenhada por Filippo Brunelleschi, que ganhou uma competição pública para projetá-la. Para subir os difíceis 463 degraus até a cúpula, paga-se pela entrada e a recompensa é uma panorâmica vista da cidade. A catedral conta com afrescos de Vasari e Zuccari e vitrais de Donatello, Andrea del Castagno, Paolo Ucello e Lorenzo Ghiberti, mas a maioria das obras de arte estão localizadas atrás da catedral, no Museo dell' Opera di Santa Maria del Fiori. Aberto no verão de seg/sáb 9h-18h50 e no inverno até 18h20, entrada paga. Descendo as escadas, visita-se as criptas (pago).

Campanili de Giotto Ao lado da catedral. Campanário com uma vista de 82m de altura, desenhado por Giotto em 1334, que morreu antes de terminá-lo. Abre das 8h30-19h30, em outubro 9h-17h20 e de nov/mar 9h-16h20. Entrada paga.

Battistero di San Giovanni Na Piazza del Duomo. É dedicado ao patrono da cidade: São João. É a construção mais antiga de Florença, datada dos séculos 5 e 9. Local onde Dante Allighieri foi batizado. Estilo romanesco, tem em seu interior mosaicos em estilo bizantino, que inspiraram detalhes do inferno, no livro A Divina Comédia, de Dante. É famoso por suas portas de bronze, principalmente o Portão do Paraíso (de frente para o Duomo), de Lorenzo Ghiberti. Aconselhável chegar cedo, pois é possível que se veja mais turistas do que portas. Aberto do meio-dia até 18h; entrada paga.

Palazzo degli Uffizi Foi construído por Vasari, e é onde está uma das coleções mais importantes de arte italiana: a Galleria Degli Uffizi. Abre diariamente das 8h30-21h; no verão, nas terças, quintas e sábados até 24h, domingos até 20h, fechando nas segundas. Entrada paga. É o mais significativo museu sobre a Renascença, legado da família Médici. Inclui pinturas dos séculos 13 ao 18 dos maiores mestres do período. É dividido em salas, com destaque para a sala 2, com obras de Giotto; Salas 10 a 14, de Botticelli, com "Nascita di Venese" e "Allegoria della Primavera"; sala 15, de Leonardo da Vinci, com a famosa obra "L'Annunciazione"; sala 25, de Michelangelo, com a pintura "Sacra Famiglia"; sala 33, exibindo "Leda e it Cigno" de Tintoretto.

Piazza della Signoria Perto do rio Arno. É um vasto espaço, cenário de importantes eventos políticos. Nela está a Loggia dei Lanzi, com esculturas de Giambologna e uma cópia do David de Michelangelo. Mas o que domina a área é o Palazzo Vecchio, a fortaleza-prefeitura, sede do Governo de Florença. Abre das 9h-19h, domingos até 13h, fecha quintas. De 15/jun a 15/set, os horários alteram: segundas e sextas das 9h-23h, terças, quintas e sábados até 19h, quartas e domingos até 14h. Entrada paga. No século 6 foi o palácio ducal da família Médici, antes deles se mudarem para o Palazzo Pitti. Sua construção começou em 1299. Visite Michelozzo logo na entrada e os Apartamentos Ducais no andar superior.

Ponte Vecchio A ponte mais antiga de Florença (séc. 14), foi a única que sobrou depois da 2ª Guerra Mundial. Atualmente abriga muitas lojas de jóias em ouro e prata, além de artistas locais expondo pinturas e artesanato. Originalmente as lojas eram açougues, que jogavam os restos de carne no rio Arno. Tem um corredor no primeiro piso, que era utilizado pela família Médici para irem do Palazzo Pitti até a Galeria Uffizi.

Palazzo Pitti O palácio era originalmente menor, e foi ampliado em 1549 quando passou a pertencer à família Médici. Seu desenho é de Brunelleschi e hoje abriga um complexo de museus. Todos obedecem a um mesmo horário: de ter/sex 8h30-13h50. Entrada no complexo paga. Na Galleria Palatina, há uma coleção privada dos grandes duques, com pinturas renascentistas; obras de Rafael, Filippo Lippi, Tintoretto, Veronese e Rubens. Não deixe de visitar a Salla della Stufa. Fecha segundas. Entrada paga. É nesta galeria que estão os apartamentos reais, visitados apenas com guias (reservas pelo telefone 294883, entrada paga); Museo degli Argenti, com os tesouros da família Médici; Galleria D' Arte Moderna, com obras do séc. 19 da Escola de Macchiaioli. Entrada paga.

Depois do Palácio Pitti, visite o Giardino di Boboli, uma extensão dele. Aberto das 9h-19h30 em junho e julho; em set/out e abr/maio até 18h30. De nov/fev até 16h30; em março 9h-17h, fecha na primeira e última segunda de cada mês. Entrada paga. É um grande parque com várias esculturas, vale a vista. No jardim, há o Museo delle Porcelane, entrada paga.

Galleria dell'Academia Via Ricasoli 60, aberta de ter/sex 8h30-21h, sábado até 24h, domingos até 20h, fecha segundas. Entrada paga. Apresenta obras de Michelangelo e da escola Fiorentina dos séc. 13 e 16. A principal atração é David do citado mestre italiano, que foi transferido da Piazza de Signoria em 1873, para melhor garantir a sua preservação.

Palazzo del Bargello Na Piazza San Firenze, entre Duomo e Piazza della Signoria. O palácio já foi usado como prisão, onde muitos foram torturados. Agora é o Museo Nazionale del Bargello, com uma coleção de esculturas, obras de Michelangelo e o David de Donatello (sim, ele também esculpiu um David). Aberto de ter/sáb e no 2o domingo de cada mês das 8h30-14h, fecha na 2a e última segunda de cada mês. Entrada paga.

Basilica di San Lorenzo Fica ao norte da catedral, na Piazza Madonna. Foi a igreja dos Médici. Abre das 7h-12h e 15h30-18h. A basílica foi construída por Brunelleschi (séc. 15) e contém a Sagrestia Vecchia, de Donatello. A arquitetura externa é de Michelangelo, mas ele foi para Roma estudar antes de terminá-la. Visite a Biblioteca laurenziana, desenhada também por ele para arquivar a coleção de 10.000 manuscritos da família Médici.

Capelle Medicee Piazza Madonna degli Aldobrandini, atrás da Basílica de San Lorenzo. Abertas de ter/sáb 8h30-17h, domingos até 13h50. Entrada paga. São duas capelas: Capella dei Principi, e a Sagrestia Nuova, desenhada por Michelangelo.

Piazzale Michelangelo Uma das vistas mais bonitas de Florença. Pegue o ônibus 13 da estação ou dê uma boa caminhada cruzando a ponte Vecchio a partir do sentido leste.

Chiesa di Santa Maria Novella Junto à estação de trem; esta igreja foi construída durante os séc. 13 e 14, com uma fachada verde e branca, desenhada por Alberti. Os afrescos originais foram substituídos por ordem de Médici, que desejava novas pinturas em sua homenagem. O artista Vasari removeu todos, menos os afrescos de Ghirlandaio e Masaccio. Entrada gratuita.

Basílica di Santa Croce Na Piazza di Santa Croce, sua construção começou em 1295 por Arnolfo di Cambio. Abre em alta temporada das 8h-17h45, domingos 8h-13h e em baixa das 8h-12h30 e 15h- 17h45. Há um famoso afresco de Giotto, além de uma estátua de Dante Alighieri no lado esquerdo da igreja. Local onde estão sepultados os mais famosos fiorentinos, dentre eles Michelangelo, Maquiavel e Galileo.

 

Diversão

O Teatro Comunale é a casa cultural situada no Corso Italia, 16. À noite, passeie na Piazzale Michelangelo, onde há uma vista legal de Florença.

 

Compras

Via Tornabuoni é a rua das griffes. Toda a região entre o Duomo e o rio Arno é propícia para compras, principalmente em Via Roma, Via dei Calzaiuoli e Via Santa Maria. O mercato delle Pulci na Piazza dei Ciompi, perto da Chiesa di Santa Croce, funciona no último domingo do mês, das 9h-13h e 15h-18h. Na Piazza San Lorenzo, especificamente em Via dell' Ariento, há um grande mercado, onde se vende de tudo a preços mais acessíveis, fechado domingos e segundas. Pechinche. Confira a loja Alice Atelier, Mascherie d'arte in papier maché, na Via Faenza, 72r, aberta das 9h-13h e 15h30-19h30, só de máscaras e bonecos. Livrarias: Paperback Exchange, Via Fiesolana 31r (fechada aos domingos), coleção de livros usados. Feltrinelli International, Via Cavour 12-20r.

Para mais informações, visite www.comune.fi.it

 

Escolha um destino:

Europa
Alemanha
Dinamarca
Espanha
Grã-Bretanha
Holanda
Itália
Portugal
Mais países [+]

África
África do Sul
Marrocos
Mais países [+]

América do Norte
Estados Unidos
Canadá
México

América do Sul
Brasil
Argentina
Chile
Peru
Bolívia
Mais países [+]

América Central
Cuba
Panamá
República Dominicana
Mais países [+]

Oceania
Austrália

Veja também:
Laifis de Turismo

Busca geral:

Curta nossa página nas redes sociais!

Sites da rede:

Sobre Nós | Política de Privacidade | Contrato do Usuário | Fale Conosco

Copyright © 2010 - 2017 Só Turismo. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.