Diversão

Londres é o centro britânico do lazer, com eventos culturais e esportivos mundialmente famosos. Por todo o país, teatros, óperas e salas de concerto sediam ampla variedade de apresentações cênicas e musicais, e no verão são comuns os shows em locais abertos. Os ingressos geralmente são mais baratos fora da capital. A Grã-Bretanha oferece centenas de opções para quem deseja praticar esportes ou aprender novas modalidades atléticas. O turista pode fazer caminhadas, cavalgar, esquiar ou navegar, e os esportes mais apreciados pelos britânicos são o futebol, o rúgbi e o críquete.

Programação: em Londres, a programação cultural pode ser conferida no Evening Standard (www.thisislondon.co.uk) ou na revista Time Out (www.timeout.com/london). Todos os jornais de boa qualidade divulgam os eventos culturais da capital britânica e também os de outras cidades. Os jornais locais, as bibliotecas e os Tourist Information Centre informam sobre a programação regional.

Ingressos: a disponibilidade de ingressos depende do espetáculo escolhido. Às vezes pode-se comprar o bilhete na porta, sobretudo nas matinês realizadas durante a semana, mas eventos mais disputados do West End pode ser preciso reservar com semanas de antecedência, por meio de agências espalhadas por Londres, por telefone ou nas bilheterias. Na Leicester Square vendem-se ingressos para o mesmo dia, a preços reduzidos. Cuidado ao comprar de cambistas (touts).

Teatros: a Grã-Bretanha mantém forte tradição teatral, que começa antes mesmo de Shakespeare. Londres é o melhor lugar para aproveitar o que há de mais glamoroso. Apenas no West End existem mais de 50 teatros. O Barbican e o National Theatre sediam um misto de clássicos e de novas produções. Os principais teatros comerciais, que encenam peças e musicais apreciados, situam-se perto da Shaftesburry Avenue, do Haymarket, Convent Garden e da Charing Cross Road. Fora da capital, em Stratford-upon-Avon, o Royal Shakespeare Theatre apresenta um programa com obras de Shakespeare. O Theatre Royal, de Bristol, é o mais antigo em atividade no país. Pode-se assistir a boas produções no Royal Exchange, de Manchester, e no Traverse, de Edimburgo. O teatro ao ar livre é uma tradição no verão, com apresentações artísticas no Convent Garden, em Londres, e em outras cidades. O Globe Theatre, de Londres, exibe peças de Shakespeare. Os teatros abertos do Regent’s e do Holland Park também tem boa programação. O maior evento artístico da Grã-Bretanha é certamente o Edinburgh Festival, realizado no fim do verão em Edimburgo, com teatro e música. Alguns balneários também tem temporada veranil.

Música: a Grã-Bretanha possui um variado repertório musical. Londres é um dos maiores centros musicais do mundo e sedia diversas orquestras e corais. Além dos concertos clássicos, podem-se apreciar shows de rock, reggae, folk, country, soul, jazz e música latina todos os dias da semana. Os numerosos nightclubs tocam de tudo. Entre os principais locais de shows em Londres estão a Wembley Arena e o Carling Apollo. No Royal Albert Hall são realizados espetáculos variados, entre eles as disputadas Proms. O Wigmore Hall, o Barbican Concert Hall e o Royal Festival Hall também são palcos clássicos. A Royal Opera House é um local famoso em todo o mundo, pois sedia a Royal Opera. A English National Opera se apresenta no London Coliseum. Durante o verão são promovidos shows a céu aberto em Marble Hill House e na Kenwood House. Outras cidades da Grã-Bretanha também sediam variados espetáculos musicais. Liverpool e Machester contam com excelentes orquestras e são agitados centros de música moderna, enquanto Glyndebourne realiza um festival anual de ópera. O País de Gales tem uma forte tradição de corais, enquanto o norte da Inglaterra destaca-se pelas bandas de sopro. A Escócia é famosa por suas tradicionais gaitas de foles.

Dança: apresentações de balé clássico são encontrados na Royal Opera House, sede do Royal Ballet, e no London Coliseum, onde costuma se apresentar o English National Ballet. O Place Theatre, o Sadler’s Wells e o Institute for Contemporary Arts (ICA) são grandes palcos de dança contemporânea. Em Birmingham, o melhor local para se assistir a apresentações de dança fora de Londres, está sediado o Birmingham Royal Ballet. Nos festivais locais podem-se apreciar as tradicionais danças estilo Morris ou as danças escocesas, além das celtas (ceilidhs).

Cinemas: os últimos lançamentos do cinema são exibidos em todas as grandes cidades. Nos cinemas de Leicester Square são realizadas pré-estreias com a presença de astros. Londres conta hoje com um cinema 3D, o BFI London IMAX. O preço dos ingressos varia e alguns cinemas cobram menos nos horários de menor procura. Para estréias, reserve bem antes.

Específicos: são diversas as opções no que se refere à prática de esportes e à produção de arte e artesanato, como pintura, escultura e confecção de jóias e roupas, além de cursos oferecidos em muitos níveis. Reservas podem ser feitas por meio de agências de viagens ou das entidades organizadoras. O English (www.enjoyengland.com) e o Scottish Tourist Boards (www.visitscotland.com) fornecem informações sobre essas atividades.

Ar Livre: a Grã-Bretanha conta com uma ampla rede de trilhas para quem deseja andar, além de pistas para ciclismo e equitação. A ilha reúne cerca de dois mil campos de golfe e diversos clubes aceitam visitantes, mas pedem uma confirmação do handicap do jogador. As taxas variam bastante. As quadras de tênis são comuns em muitas cidades e nos hotéis. Na última semana de julho muitos visitantes assistem ao torneio de Wimbledon, no All England Lawn Tennis and Croquet Club. Os esportes náuticos são praticados no Lake District e os resorts da costa sul oferecem boas instalações. Navegar no Tâmisa ou nos canais britânicos é atividade típica do verão, e adeptos de surfe e de windsurfe rumam para West Country e South Wales. Quem aprecia a pesca pode visitar West Country, País de Gales e Escócia. Entre os esportes de aventura destacam-se o alpinismo, as modalidades aeronáuticas e o paragliding. A Escócia oferece pistas de esqui e outros esportes de inverno. Patinar no gelo é atividade comum nas maiores cidades e há centros de equitação por todo o país, além de passeios de pônei em áreas mais turísticas.

 

Escolha um destino:

Europa
Alemanha
Dinamarca
Espanha
Grã-Bretanha
Holanda
Itália
Portugal
Mais países [+]

África
África do Sul
Marrocos
Mais países [+]

América do Norte
Estados Unidos
Canadá
México

América do Sul
Brasil
Argentina
Chile
Peru
Bolívia
Mais países [+]

América Central
Cuba
Panamá
República Dominicana
Mais países [+]

Oceania
Austrália

Veja também:
Laifis de Turismo

Busca geral:

Curta nossa página nas redes sociais!

Sites da rede:

Sobre Nós | Política de Privacidade | Contrato do Usuário | Fale Conosco

Copyright © 2010 - 2017 Só Turismo. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.