Siena

Antes uma capital que chegava a rivalizar com Florença, Siena permaneceu incólume e marcada pela grandeza da época de seu apogeu (1260-1348). O magnífico Duomo é uma das maiores catedrais italianas. O melhor local para iniciar a exploração do histórico centro da cidade é a Piazza del Campo e o labirinto de ruas medievais ao redor. A localização privilegiada da cidade proporciona ao visitante uma série de lindas vistas da área rural vizinha.


Principais atrações:
Duomo
A Catedral de Siena (1136-1382) é um exemplo espetacular da arquitetura românico - gótica com influência de Pisa. Se o plano do século 14 para ampliar a nave tivesse sido posto em prática ela seria a maior igreja da cristandade, mas a ideia foi abandonada quando a peste negra de 1348 matou quase metade da população local. Entre os tesouros do Duomo estão esculturas que são obras-primas de Pisano, Donatello e Michelângelo, um belíssimo piso de mármore marchetado e um magnífico ciclo de afrescos de Pinturicchio.

Na galeria lateral da nave inacabada, mas coberta, está o Museo dell’Opera del Duomo, dedicado principalmente a esculturas retiradas do lado de fora do Duomo, incluindo um tondo (relevo circular) de uma Madona e Menino, provavelmente criado por Donatello, e diversas imagens góticas. O destaque do acervo fica com o imenso alar de Duccio, Maestà (1308-11), com Madona e Menino de um lado e, de outro, Cenas da Vida de Cristo.  

Pinacoteca Nazionale
Situada no Palazzo Buonsignori esta galeria contém uma coleção inigualável de pinturas de artistas da Escola de Siena, em que figuram a Madonna dei Francescani (1285), de Duccio, e O Abençoado Agostinho Novello e Quatro de Seus Milagres (c.1330), de Simone Martini.

San Domenico
A cabeça preservada da padroeira da cidade, santa Catarina de Siena (1347-80), pode ser vista num tabernáculo dourado sobre o altar de uma capela dedicada à santa, dentro desta enorme igreja gótica. Erguida em 1460, é decorada com afrescos feitos por Sadoma (1526) que mostram Catarina em estado de fervor religioso.

A igreja possui o único retrato de santa Catarina considerado autêntico, feito por seu amigo Andrea Vanni. A Casa di Santa Caterina também é um santuário bastante procurado pelos visitantes.

Fortezza Medicea
Essa fortaleza de tijolos foi construída por Cosme I em 1560, após a derrota de Siena para Florença na guerra de 1554-5. Houve um cerco de 18 meses, em que mais de 8 mil habitantes morreram. Os florentinos, então, dominaram os bancos e fabricas de lã locais. Lá está a Enoteca Italica, onde você pode provar e comprar bons vinhos da Itália.


Duomo

Fonte: www.grifotour.com

 

Escolha um destino:

Europa
Alemanha
Dinamarca
Espanha
Grã-Bretanha
Holanda
Itália
Portugal
Mais países [+]

África
África do Sul
Marrocos
Mais países [+]

América do Norte
Estados Unidos
Canadá
México

América do Sul
Brasil
Argentina
Chile
Peru
Bolívia
Mais países [+]

América Central
Cuba
Panamá
República Dominicana
Mais países [+]

Oceania
Austrália

Veja também:
Laifis de Turismo

Busca geral:

Curta nossa página nas redes sociais!

Sites da rede:

Sobre Nós | Política de Privacidade | Contrato do Usuário | Fale Conosco

Copyright © 2010 - 2017 Só Turismo. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.