Informações Úteis

Visto

O brasileiro que pretende fazer turismo pela Grã-Bretanha não necessita de visto para permanência de até 6 meses. A entrada, no entanto, depende da avaliação do Serviço de Imigração britânico. Além do passaporte válido, documentos que comprovem a intenção de realizar turismo, bem como a passagem de volta, são solicitados. A bagagem também pode ser revistada para evitar a entrada de mercadorias proibidas ou controladas. Siga pelo corredor verde se não tiver nada a declarar ou pelo vermelho se precisar declarar algum item da bagagem.

 

Serviços Consulares

Embaixada brasileira: 32 Green Street, London, metrô Marble Arch, fone (4420) 7499-0877, info@brazil.org.uk, http://www.brazil.org.uk

Consulado-Geral do Brasil em Londres: 3 Vere Street, London, metrô Bond Street (Jubilee e Central line) e Oxford Circus (Bakerloo, Victoria e Central lines), fone +44(0)20 7659 1550, www.consbraslondres.com
Mapa: http://www.consbraslondres.com/_temp/consulatemap.pdf

 

Informações Turísticas

O Visit Britain (www.visitbritain.com) conta com escritórios por todo o mundo, inclusive no Brasil. Os postos, geralmente chamados Tourist Information Centre, são encontrados ao longo da maioria das cidades em diversos pontos, especialmente em locais públicos, como aeroportos, estações de trem e terminais rodoviários, além de algumas atrações de interesse público. Parar nestas centrais de informações é uma boa idéia para quem está pensando em explorar a ilha britânica.

 

Segurança

A Grã-Bretanha não é um lugar perigoso para o turismo e é pouco provável que ocorra algum problema, inclusive para mulheres sozinhas. O mais comum é encontrar bêbados trotando pelas cidades e, em geral, algum lunático perambulando inofensivamente. Se por algum motivo você não se sentir à vontade, peça ajuda. A policia circula com freqüência pelas cidades e mesmo à noite você deve encontrar gente. Se você for roubado, dirija-se até o distrito policial mais próximo e registre a ocorrência. O boletim será necessário caso possua um seguro de viajem. Não se assuste com alertas de ataque terroristas, que costumam ocorrer quando pacotes são deixados acidentalmente em local impróprio. Viaje com cuidado e sem preocupação.

Telefone de emergência (24 horas): 999 para Polícia, Ambulância e Bombeiros. As chamadas são gratuitas tanto de telefones particulares como dos públicos. No litoral, esse número também serve para o serviço de salva-vidas.

 

Saúde

Embora o atendimento do pronto-socorro da National Health Service (NHS) seja gratuito, recomenda-se fazer um seguro de saúde internacional, pois qualquer outro tratamento poderá custar caro.

Nas farmácias, conhecidas na Grã-Bretanha como chemists, você pode comprar vários remédios sem receita. A “Boots” é a maior e mais conhecida rede. Se você precisa de algum remédio que dependa de receita médica, inclua-o na bagagem e leve a receita junto. Recomenda-se também levar uma prescrição do seu médio com o nome genérico do medicamento. Muitas farmácias funcionam até a meia-noite. Os consultórios médicos, chamados de surgeries, seguem normalmente o horário comercial.

 

Clima

O clima na Grã-Bretanha não apresenta temperaturas extremas, mas o tempo varia bastante e pode mudar drasticamente de um local para outro, mesmo que sejam próximos. A região sudeste geralmente é mais seca do que o resto da ilha. Convém levar tanto roupas de inverno quanto peças leves, além de guarda-chuva, para não ser surpreendido por uma tempestade em suas andanças. Na prática, espere dias nublados e aproveite. Se você estiver lá, e o sol for seu parceiro de viagem, considere-se um viajante afortunado.

 

Língua

Você chega em Londres e, apesar de ter estudado inglês a vida toda,  nota que não entende o que as pessoas dizem? Normal. Viaja para outras cidades e não entende nada? Tudo bem. Na Escócia você acha que estão falando um dialeto tribal? Oh, yes. Pois é, no começo não será fácil. Como seria a compreensão de quem aprendeu o português de Portugal e chegasse no Brasil devido aos sotaques, chiados e gírias do povo brasileiro? Considere-se na mesma situação. Quanto mais tempo ficar no Reino Unido, mais vai educar o ouvido. Para tanto, não hesite em dizer "Could you repeat please?", "Excuse me, please" ou simplesmente "Sorry?". A população já está acostumada - muitos de seus próprios moradores não falam bem o inglês. Importante é: indiferente ao seu grau de conhecimento do idioma, tente falar inglês - não apenas pelo proveito de sua viagem, mas para sua própria experiência. Não deixe para se arrepender na volta por não ter praticado mais o idioma.

 

Dinheiro

Moeda: A moeda de toda a Grã-Bretanha é a libra esterlina (£), ou pound sterling, ou English pound ou simplesmente Pound. Cada libra corresponde a 100 pence (ou apenas p, pronuncia-se pi). Existem moedas de 1p, 2p, 5p, 10p, 20p, 50p, £1 e £2 e notas de £1 (escocesa), £5, £10, £20 e £50. As cédulas emitidas na Escócia são diferentes das inglesas e são legais em todo o Reino Unido, mas não costumam ser aceitas na Inglaterra e País de Gales. Se possível, na Escócia, peça troco em notas inglesas. Por fim: brasileiros tradicionalmente desprezam moedas. Nunca perca, porém, a noção do valor da pequena e pesada moedinha de 1 libra.

Valor de troca: Para taxas de câmbio atualizadas, consulte: http://finance.yahoo.com/currency-converter. As taxas de câmbio variam bastante.

Bancos: Os bancos funcionam normalmente de segunda a sexta das 9h30-15h30; excepcionalmente alguns podem abrir no sábado pela manhã, mas não conte muito com isso. A maioria dos bancos troca cheques de viagem e tem caixas eletrônicos (ATMs) que aceitam quase todos os cartões de crédito. Há bancos e casas de câmbio em abundância pelas cidades britânicas, localizadas nos grandes pontos turísticos e que funcionam em horário mais flexível do que os bancos. Muitos câmbios não cobram taxas ou comissões, mas a cotação pode deixar a desejar. Em Londres, você pode trocar o seu dinheiro no Banco do Brasil (34, King Street, EC2 – Tel: 02076067101) localizado entre as estações de St. Paul’s e Bank. O Banco do Brasil não cobra comissão para a troca de dólar, Euro e Real.

 

  

Escolha um destino:

Europa
Alemanha
Dinamarca
Espanha
Grã-Bretanha
Holanda
Itália
Portugal
Mais países [+]

África
África do Sul
Marrocos
Mais países [+]

América do Norte
Estados Unidos
Canadá
México

América do Sul
Brasil
Argentina
Chile
Peru
Bolívia
Mais países [+]

América Central
Cuba
Panamá
República Dominicana
Mais países [+]

Oceania
Austrália

Veja também:
Laifis de Turismo

Busca geral:

Curta nossa página nas redes sociais!

Sites da rede:

Sobre Nós | Política de Privacidade | Contrato do Usuário | Fale Conosco

Copyright © 2010 - 2017 Só Turismo. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.